sábado, 9 de agosto de 2008

Dói demais

Quando dói é a serio, pois é .
Atravessamos ruelas e becos
Destruindo o desgosto de não poder partilhar.
Saltando as pedras da calçada
com o pequeno e sóbrio sorriso no canto da boca.


Pois , quando dói é a sério, não é ?
Magoar sempre foi fácil
mas remediar custa-nos os olhos da cara.

Ao penetrar no escuro do desassossego
com uma pequena vela na mão
soltamos o medo
de estarmos nesta vida repleta de solidão.

Vagueamos numa onda de submissão
em que o poder da beleza nos transforma em seus cobaias

Dói , dói demais
dói vêr ao ponto em que chegámos
dói só de respirar o ódio que criámos
de sermos todos, mas todos
cobaias da beleza exigida pela sociedade

Fazem-nos a diálise diária atravéz da tv, rádio, net
até em publicidade nos jornais, revistas
filtrando-nos o pouco que temos de sério
E assim aos poucos e poucos
deixamos de existir
deixamos de acreditar no que realmente acreditamos


Temos que remar contra as duras ondas
que nos vão afogando neste embuste criado pelos média
Que nos sugam a inteligência
torturam-nos com intervalos de 20 minutos cada um
apenas para nos enfiar no nosso inconsciênte
aquilo que querem vender

Dói
dói só de ver
ao ridiculo em que o ser humano se transformou
rebaixando-se por uns míseros segundos de fama
deixar de dar valor ás coisas reais da vida
como a fome
sede
maus tratos
negligência infantil
e muito muito mais.

Sim ,
é pa me sentir melhor
e todos deviamos fazer algo
mesmo que em silêncio
e que mais ninguém veja
sempre estamos a fazer mais
do que aqueles
em que os valores são apenas para os seus umbigos.
E sabem porquê?
Porque dói
dói demais!

3 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

Para animar o dia Rodrigo Y Gabriela, clicar aqui, link para YouTube.

Publiquei um post com o "twist" dança da década dos anos 60, ver aqui.

curioso disse...

Quem será você?

curioso disse...

Quer revelar a sua identidade? Terei muito gosto em saber em saber quem você é.