domingo, 14 de setembro de 2008

Será que vale a pena crescer?

Já lá vão os tempos, em que tinha os meus momentos a sós. Em que pensava e cuidava de mim, fazia o que me vinha á alma. Bastava sonhar e logo agia.
AGORA!!!!!!!
Quase impossível, bem que tento, mas não consigo
apenas imagino!
Aqueles dias na praia a saborear o mar , a sua maresia
aquele pôr-do-sol maravilhoso, de cor quente, que me aquecia a alma, gelada pelo sofrimento.
As manhãs em que tentava repor os meus sentidos , que teriam sido afogados em álcool na noite anterior.
Os passeios pela muralha, a observar as gaivotas a lutar por comida.
Já lá vão esses tempos!
Agora , apenas penso em acordar a horas senão despedem-me, a ter a casa organizada senão perco os papéis importantíssimos que já devia ter pago na semana passada.
Cresci?
Será isso?
Será que compensa ser adulto, e não ter tempo para viver?
Não ter tempo para saborear o bom que a vida tem?
Já nem para a família se tem tempo!
-Os "velhos! mandam-nos para os lares. /( para serem mal tratados)
-As crianças, empurram-nas para a cresce , ou pedem prolongamento na escola pa poderem resolver os mais variados problemas no trabalho( por vezes ir beber café com amigos , ir comprar umas roupitas que estejam em promoção,etc...)
-O casamento? Acaba por ser muitas vezes posto em prova, sem quaisquer justificações pláusíveis.
Será que compensa crescer?
Não bastava ter apenas 11 anos ?
Muitos adultos não têm a sabedoria das crianças com 11 anos!
Ocupam o cérebro com coisas fúteis, inúteis, enfadonhas.
Começam a preocupar-se mais com o que os outros pensam do que se preocupam com o que eles próprios pensam de si mesmos , apenas querem agradar, e muitas vezes nem chegam a saber exactamente porquê.
Já lá vão os tempos !
Em que a felicidade não era comprada, era oferecida e recebida com muito amor.
Ora!
Não me apetece crescer!

8 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

Isto é Zlango?

o que me vier à real gana disse...

Vale, claro k vale!

stériuéré disse...

heheheheh
Nem eu percebi o que escrevi!
o meu pc devia tar bêbado com as caipirinhas do Gana

stériuéré disse...

Assim está melhor !Ai estas novas tecnologias ! heheheh

Carlos disse...

Está bonito mas acho que um pouco fatalista. A vida é para viver no dia-a-dia como ela se nos depara. Ninguém pode apreciar as coisas boas que ela tem se nunca passou por momentos difíceis.

Táxi Pluvioso disse...

Crescer vale penas.

o que me vier à real gana disse...

Quem disse que eu não te leio?
Ai, ai a menina!

A. João Soares disse...

Mas, qual é a dúvida? Envelhecer é uma fatalidade, queira-se ou não os anos vão se amontoando! Mas crescer em valor, em maturidade, em saber, em experiência, isso é outra questão. O resultado depende muito das capacidades de cada um, do interesse dedicado às coisas que nos cercam. Crescer, neste sentido, vale sempre a pena, para que a vida seja mais remuneradora, espiritualmente, a cada ano que passa.
Cumprimentos
João, serve de link