sábado, 3 de janeiro de 2009

A bombar!

Olá a todos!

Já não escrevia há um tempito. Desde o ano passado!hehehehe!

Já fiz várias tentativas para escrever algo mas, não me sentia capaz de vos transmitir exactamente o que queria!

Tinha a intenção de falar na Faixa de Gaza, pelos momentos bombásticos da passagem de ano arrebatadora que os devorou em momentos bastante profundos. Ao ver as imagens perturbadoras, que devastaram o mundo inteiro, enquanto a maioria se embebedava e se divertia,
http://www.youtube.com/watch?v=i7R49nRK9tQ

Outros morriam na guerra desnecessária de Gaza,
http://www.youtube.com/watch?v=f_Ur0sdr49U

Outros passavam fome

http://www.youtube.com/watch?v=1imzmZCXcYc

http://www.youtube.com/watch?v=bysnxYUQH0g


E depois querem ter a consciência tranquila?
Chegar à noite e deitar com a cabeça na cabeceira sem razôes para preocupações?
Mas onde está o Mundo inteiro com a cabeça?

10 comentários:

korrosiva disse...

Em todo o lado menos onde é suposto! :{

beijinhossss Sté.. feliz ano novo :)

Ana Martins disse...

Olá Sté,
e como tens razão!
Mas essas preocupações são para nós, simples mortais sem grandes ambições...
Os mais ricos, os mais poderosos, os governantes, esses preocupam-se é com eles mesmos e em terem os cofres cheios, os outros para eles são insignificantes.

Beijinhos

o que me vier à real gana disse...

Isso? Por onde vagueia a cabeça dos que podem?
Por essas e por outras quejandas, é que iniciei hoje a publicação da "etiqueta" TOLICES.
Já lá está o 1º post... Curtíssimo; directo.

Bj

Darwin disse...

O que se está a passar na Faixa de Gaza é mais uma vergonha! Neste conflito ninguém é inocente. São ilegítimas e indefensáveis acções violentas visando civis inocentes. Nunca, em parte alguma do mundo, se resolveram conflitos quer a nível político, quer a nível militar, assassinando civis.
Estas ofensivas agravam as precárias condições de vida da população na região, já de si severamente degradadas pelo cruel cerco imposto por Israel. A fome, a miséria, a frustração, a humilhação, o desrespeito mais elementar do direito internacional e dos direitos humanos,
Eu não consigo imaginar como aquelas crianças crescem.
Estão em estado de guerra permanentemente desde há várias gerações. Como é possível? A perspectiva de cada um dos lados é qual? O genocídio completo da outra parte?
É terrível este pensamento!
Com tantos exemplos na história, é incrível como no século XXI a humanidade continua a comportar-se desta forma.

Compadre Alentejano disse...

Esta incursão dos israelitas em Gaza, está a fazer com a malta se esqueça da crise nacional provocada pelo Sócrates e seus sequazes e até da crise internacional...
Os judeus têm um trabalhinho a fazer e, por aquilo que sei, não são rapazes de deixar o trabalho a meio...
Saudações
Compadre Alentejano

Maria Zua disse...

Olá, sempre foi muito complicado para mim entender este tipo de guerras, digo, este tipo de guerras porque são provindas de seres com religiões diferentes. Aí,misturam religião com poder, fazendo prevalecer o fanatismo. Matam,invadem Países,não se inibem de destruir, tudo segundo eles, em nome de DEUS, tornando o caus que se tem vindo a verificar. É de lamentar qualquer tipo de guerra, mas há as que são para defender os seus direitos e as que não têm nexo, o que é o caso que se está a passar entre Israel e Gaza, desentendimentos de opiniões diferentes de religião. Dani, eu lamento tudo isto, e preocupo-me, a única atitude que está ao meu alcance eu faço, é rezar pelos inocentes. Bj.

o que me vier à real gana disse...

Boa noite dani!

Postezinho novo, vá!

Bj

Auíri Au disse...

Seja bem vinda novamente..
Hehehe!


RECEITA DE ANO NOVO
(Carlos Drummond de Andrade)

•Para você ganhar belíssimo Ano Novo...
•Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na Gaveta...
•Não precisa chorar de arrependimento pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto da esperança a partir de Janeiro as coisas mudem e seja claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver.
•Para ganhar um ano-novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo!
•Eu sei que não é fácil mas tente, experimente, consciente.
•É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.

EternaApaixonada disse...

*****

Querida amiga Sté,

Retornando aos poucos após uma pausa, venho lhe agradecer a presença em 2008, sempre tão simpática!
Sua reflexão revela sua sensibilidade e calor humano!
Que 2000INOVE seja um ano muito melhor! Tenha sempre muita alegria, harmonia, saúde, prosperidade e amor, muito amor!
Deixo meu beijo com meu carinho.
Boa semana!

Helô

*****

PreDatado disse...

Está com a cabeça na almofada.