quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Nem sei bem o que lhe chamar...

E que bem, por aqui estava eu, acabadinha de chegar do meu trabalho.Depois dos miminhos aos "mês" " crianços", de preparar o jantar, fazer camas, meter roupa a lavar, bem...etc....que daqui a pouco já são horas de deitar.
E aqui estou eu em frente do meu rico " dinossauro" informático, que me ajuda a passear pelo mundo cibernáutico. Já li os meus mails enviados por amigos, com anedotas, imagens do Castelo branco a cantar Doors em estilo de ópera, enfim.... coisas chocantes! Agora vim ver as mensagens do meu blog, que é, por sinal bastante novinho.
Vinha com intenção de escrever um post alusivo à Guerra do " ouro cinzento", no Congo. Tema que eu li numa revista na minha pausa de almoço.
As imagens eram horríveis, e relatavam uma violência tal, que me deixou bastante perturbada. Era para fazer uma continuação ao meu post anterior, em que mostrava a minha indignação à nova cúpula da ONU, da sala dos Direitos Humanos ( que pra isso não valia nada) apesar de apreciar arte.
As caras tristes dos homens e das mulheres escravizadas e violadas, forçadas a trabalhar arduamente juntamente com os seus filhos, para receberem uma mísera malga de sopa ( e quando recebiam). Nem sei, fiquei sem palavras....
Quem ajuda esta gente?
Sem estas guerras provocadas pelos ganânciosos, que dominam este povo, deveriam ser um dos povos mais ricos à face da Terra pelos seus vastos recursos naturais.
Mas, desisti, achei que não iria passar a mensagem da melhor forma e comecei por pesquisar sobre outro tema , que também me abala muito. O cancro!
Não menos importante ao tema anterior, também me afectou, fiquei com lágrimas nos olhos. Crianças a lutar pela vida , homens e mulheres à luta com esta doença que chega sem aviso.....
Encontrei alguns vídeos que achei que todos nós deveríamos ver. Deixo aqui os links para que possam aprender alguma coisita ( assim como eu) , aprender a dar mais valor à vida e ao que ela nos dá!

http://www.youtube.com/watch?v=u0oN0xyZ4R8


Aproveito também para dedicar o post de hoje a uma amiga querida que há bem pouco nos deixou, depois de muita agonia dela e seus familiares e amigos , partiu para um mundo melhor.

Muitas saudades amiga " Marisa" .
Adorámos todos os momentos que juntos passámos
Com sorrisos e belas palavras de alegria
Adeus amiga, nunca te esquecerei!

15 comentários:

cassamia disse...

perder um amigo seja por que motivo for é sempre uma dor grande e temos sempre sempre que os amar cada dia mais :) bj

EternaApaixonada disse...

*****

Um tema importante e necessário que nos compartilha.
Uma emocionante homenagem à amiga que se foi.
Meu abraço sincero e solidário!
Obrigada pelas visitas tão carinhosas.
Que Deus a abençoe!
Boa noite e bom descanso!
Beijos

*****

Mariazita disse...

Querida Sté
Qualquer dos assuntos que focas no teu post é merecedor de profunda reflexão, mas não só.
Em relação à guerra no Congo é necessário, por todos os meios, divulgar o mais possível as barbaridades que lá se passam.
Infelizmente pouco mais podemos fazer do que isso; mas, pelo menos, alertando bastante, talvez as nossas vozes, em conjunto, cheguem junto de quem tem poder para agir.
O mesmo acontece com o cancro (da mama, ou outro).
O melhor remédio é a prevenção. Exames períódicos, e, em caso de detecção da doença, actuar de imediato com vista à sua erradicação.
Também neste caso é muito importante dar a maior divulgação possível.
Tu estás a cumprir a tua parte.

Beijinhos, querida.
Mariazita

Darwin disse...

Cara amiga,

Apesar de teres desistido de postar o tema, não posso deixar de falar do que tanto me deixa indignado. Uma vez que há países europeus que negoceiam com o Uganda e Ruanda a aquisição do coltan, banhado a sangue humano.
O comércio do coltan foi classificado por alguns especialistas, como o «nervo da guerra» no Leste do Congo. Pouco tem sido revelado na comunicação social ocidental sobre a responsabilidade das multinacionais mineiras, sobretudo norte-americanas e europeias, que recolhem gigantescos lucros com a miséria do povo congolês e com assassinatos em massa com proporções de holocausto.
Um relatório recente das Nações Unidas dizia que as forças armadas do Ruanda e do Uganda, tinham colaborado com as forças rebeldes na pilhagem organizada para escoar milhares de milhões de dólares em minérios, diamantes, pedras preciosas e outros recursos.
Nos últimos anos, o coltan fez a fortuna de algumas pessoas e gerou enormes lucros para a Sony, a Motorola, a Ericsson e a Nokia, bem como para as empresas de refinação e processamento da lama preta do coltan no pó metálico de tântalo, com que são produzidas partes vitais dos computadores portáteis e dos telemóveis dos EUA, do Japão e da Europa. O que tudo isso trouxe à imensa maioria da população do Congo foi a devastação das florestas tropicais e uma maior miséria.
Isso tem feito com que numerosas ONG europeias, viessem alertar a opinião pública com este sugestivo slogan: «Nem mais uma gota de sangue no meu telemóvel!»
Todos os anos, no Leste do Congo, milhares de milhões de euros deixam o país – e deixam atrás de si um rasto de miséria, fome e centenas de milhares de cadáveres.

Darwin disse...

Com tudo isto, esqueci-me de enviar um beijo grande à “mãezinha que te adora” e que continua sem saber quem sou!!!
Pronto amiga, vou deixar-te aqui mais umas dicas:

Nasci numa cidade tão grande que não cabe aqui. Sou leão (sportinguista). Adoro músicas com inicio e filmes com fim. Sou escandalosamente calmo, depois de 10 valiums e rio escandalosamente de tudo, depois de 10 Prozacs. Não penso na morte da bezerra, porque, para mim, o céu também tem animais.
Amigos, tive-os, tenho-os e terei, mas à medida que o tempo passa, assim como os cabelos, caem, ou mudam tanto de cor, que fica impossível defini-los.
Independente, sempre fui. Nunca dependi de ninguém para comer pipocas e olhar pelo buraco da fechadura. Mas sou muito indeciso, até hoje não sei dizer se gosto mais de pipocas doces ou salgadas.
Ler é comigo, leio muito, essencialmente resultados dos jogos de futebol nos jornais desportivos.
Adoro tecnologia. Mas, detesto as caixas automáticas dos bancos, porque nunca tenho nada para por, nem para tirar. Conheço toda a gente da minha rua, sei amarrar atacadores de ténis e dar um nó na gravata.
Nunca deixo para amanhã o que posso fazer hoje, e às vezes arrependo-me.
A minha boca raramente se fecha, vivo a sorrir, as pessoas acham que sou simpático e feliz. Nada disso, é que me disseram que sorrir, trabalha os músculos do rosto e a pessoa vive mais uns anos.
Adoro colocar a cabeça no travesseiro e pensar "caraças, que dia!", isso é muito bom, principalmente, se o travesseiro for de plumas de ganso francês, os lençóis de linho egípcio e a cama uma big king size.

Pronto, vá lá Dani…dá lá mais uma ajudinha à tua mãezinha.

stériuéré disse...

Xiça, amigo Darwin! Foi cá uma descrição do caraças!Com essa descrição toda, qualquer um vai adivinhar. heheh
Considero-te como um bom amigo, sim senhor, pois quem é amigo dos meus pais também o considero como meu, sem dúvida. A minha mãezinha do coração, sempre me ensinou a respeitar os outros mas, com finco aos nossos sentimentos. Fez-me ver coisas em que não acreditava. Conheço pouca gente como ela, que prefere lixar-se a ela, mas a justiça em primeiro lugar. Nunca a vi a atirar pedras a ninguém, sempre disse que , há pessoas boas e menos boas mas, todas têm os mesmos direitos! Hummmmmmmmmmmmmm....
Mãezinha querida do meu coração, amo-te muito, e tenho saudades do tamanho do Mundo!
Mas, caro Darwin, quero agradecer o facto de me comentar o post, fizeste-o de uma forma fenomenal. Acabaste de fazer o que eu tinha desistido. Mas ainda bem, assim falou-se dos 2 temas. Serás sempre bem vindo por aqui, és sincero, directo, e corajoso. Admiro pessoas como tu. Abraços sinceros da stériuéré

stériuéré disse...

Cara Mariazita,as tuas palavras de serenidadefazem-me bem. Cada vez tenho mais carinho por ti.
Fazes-me crescer no meu interior, e olha que bem precisava. hehhe
Beijos grandes amiga!

stériuéré disse...

Eterna apaixonada, valeu! Que Deus a abençoe também e aos seus. Gosto muito de seu espaço, com textos ternos e gostosões.
Beijinhos da stériuéré

stériuéré disse...

Abraços gigantes para ti cassamiana, continua como és!Catano, gosto mesmo desta gaja! LOL

poeta_poente disse...

É verdade, não comentei, mas a verdade é que é um tema que mexe comigo e passo imediatamente a estado concha :p

Gosto muito do teu cantinho :)

Beijo

Ana Martins disse...

Olá Sté,
um tema terrivel mas não menos importante. É a doença do séc., meu pai faleceu com um carcinoma no esófago, vai fazer 10 anos.
Foi operado, esteve 4 meses nos cuidados intensivos, com momentos de lucidez, mas na maior parte das vezes estava sedado. Faleceu 4 meses depois de ser operado.

Ainda hoje penso muito nele e não me conformo por ele não ter conhecido o meu filho mais novo. Quando ele morreu eu estava grávida.

Lamento muito a morte de sua amiga.

Beijinhos Sté, e bom fim de semana.

Táxi Pluvioso disse...

Isto hoje está triste. Ainda bem que já saiu o disco do Castelo Branco para animar a malta. bfds

Peter disse...

Também eu tive recentemente a perda de um amigo. De repente, apenas num mês, morreu de cancro num pulmão.

Numca pegara num cigarro...

O meu lema:
"cave diem"

korrosiva disse...

E é pelo simples facto da morte nos levar sem aviso, que devemos aproveitar cada dia..

Se partir hoje não vou sem ter dito a todos que estão dentro do meu coração o quanto os amo :)


Bom fim de semana ;)
beijinho

Sol disse...

vim espreitar este blog e agradecer os parabens no post da korrosiva.

Gostei do texto, como já escrevi uma vez num outro blog, esse é um assunto k me sensibilza bastante. Já perdei duas amigas com essa doença.

Mas importante falarmos destes assunto, estarmos informadas.


Um jinho e bom fim de semana.