terça-feira, 14 de outubro de 2008

A vida é um teatro!

Que vida esta!

Que vida esta !
cheia de teatros!
cheia de mentiras!

Que vida esta!
onde tudo o que se vê
não passa de uma ilusão?

Que vida esta!
onde os dias são longos
e as noites curtas demais?

Mas que raio de vida é esta?

Jogos de poder
desvios de olhares
passagens debaixo das mesas
cheques carecas
fundos apagados
...

Mas que raio de vida é esta?


Que raio de vida é esta?
onde só tem razão quem tem grandes contas no banco?
Que raio de vida é esta?
onde só PRADA e Fátima Lopes têm presença?

Mas onde estamos nós?

Será que a realidade ainda vai piorar?
será que o pobre vai ser o próximo escravo?
Temos que lutar contra o fim da escravatura pobrista!

-" Ai, eu tenho umas calças PRADA!"
-" Ai, minha querida, eu só visto Channel, agora que o costureiro morreu as peças até têm mais valor!"

Onde é que isto vai parar?
A lado nenhum nem nunca!
Sabem porquê?
Porque todos falam falam (assim como eu!)
mas no que toca a agir....
tudo foge minha gente
uns por falta de argumentos e coragem, e outros
por falta de companhia( assim como eu!)



Bem que tentam ser.
Mas por muitas tentativas que façam
só conseguem viver e ganhar a vida
através do teatro.
Pois claro,
é a coisa mais real que eles fazer
é fingir todo o dia
logo, vivem de actuações.

Mas que raio de vida é esta?
Onde nós os pobres
ainda gastamos o nosso tempo precioso
a escrever sobre esses "actores"

Que vida esta!

7 comentários:

o que me vier à real gana disse...

Teatro!?
Uma enorme diferença, dani... lá ensaia-se...pr'a tudo sair certinho! Até o improviso é ensaiado.


Se quiseres já podes comentar o novo post do gana.

Táxi Pluvioso disse...

É estranho as pessoas andarem com o nome do costueiro, em grandes letras, dependuradas do seu corpo. E muito orgulhosas. Creio que é porque o seu, que consta do BI, não vale nada.

Mariazita disse...

Querida Sté
A vida é um palco.
Nós somos os actores.
O espectáculo está em exibição 24 horas por dia.
A cada um de nós foi atribuído um papel para representar.
É assim que vês honestos, corruptos, alegres, tristes...
No meio de tudo isto há uma coisa muito importante: não nos deixarmos contagiar!
Sê tu mesma, sê genuína, e manda p'ras urtigas essa gajada toda!
Um beijo muito grande
Mariazita

Ana Martins disse...

Olá,
vim retribuir a visita, gostei do blog, aqui fala-se com frontalidade o que vai na alma.
Plagiando a nossa amiga Mariazita, "...a vida é um palco e nós somos os actores..."
Cabe-nos a nós querer representar ou não!!!

Beijinhos

Peter disse...

Acho ser um bom texto de crítica social. Vamos ter que aguentar até quando?
Neste momento, o único grupo profissional pronto a "dar a cara" é o dos professores(não sou prof).
Faço votos que a sua manif de 15 NOV seja um sucesso.
Agradeço as palavras de incentivo. O teu blog vai passar a constar dos n/links.

Bom fds.

o que me vier à real gana disse...

Stériu..., post novo no gana. Se puderes!...

Bernardo Moura disse...

Pois é. Que vida é esta?
:(

Desejo um resto de bom fim-de-semana!

Bj